© 2018 por NDQNÉ - Desenvolvido por Marcello Palermo

Em uma sala de investigação, um homem é interrogado, por ter confessado um crime brutal, mas o crime, que para ele era perfeito, nunca foi um problema. O que o levou a cometer o crime, e o que o fez revelar, são os grandes estopins deste espetáculo, ambientado nas sombras de uma obsessão,

o silêncio e a lentidão ajudam a narrar a trajetória do crime.

A intolerância pode sim levar a brutalidade, e estes investigadores

confirmarão isto, pela narrativa doentia, de como este homem executou seu crime. Mas se fosse perfeito, porque confessa-lo? O que o fez confessar? A escuridão pode ajudar a revelar! Venha, mas pode ser que você não veja o espetáculo.

EM BREVE MAIS INFORMAÇÕES